Filosofia Oriental e Espiritualismo Prático

Últimos assuntos

Navegação

Parceiros

Fórum grátis

    O PODER DA FÉ.

    Compartilhe

    Convidad
    Convidado

    O PODER DA FÉ.

    Mensagem  Convidad em Dom Jul 17, 2011 7:37 pm

    Amigos
    Olá, novo companheiro trouxe um tópico intitulado “O poder da fé”. Vamos tentar alguns comentários.
    Cel: amigos, o q é a fé senão crença? Não é uma convicção absoluta. Fé é crer ou ter esperanças de q algo q não conhecemos, seja uma verdade sem q a tenhamos provado como verdade. Pelo fato de depositarmos confiança em quem a comunicou, acreditamos q seja verdade ou q realmente vai acontecer.
    Quando Jesus disse “se tiverdes fé do tamanho de um grão de mostarda, direis a esta montanha...”, ele apenas nos mostrou que nossa fé é muito pequena, que não temos fé nenhuma. Não que tenhamos culpa disso; apenas que não temos fé nenhuma. Quem é q pode, à força, passar a ter fé? A fé incondicional, a convicção absoluta, só pode ser alcançada com o percebimento da verdade, com o conhecimento da verdade, a verdade de que “eu e o Pai somos um”.
    É essa percepção que liberta, para sempre, de todos os sofrimentos, de toda ignorância, e que torna possível uma criatividade com resultados que nem podemos imaginar. Foi esse conhecimento, essa criatividade, que deve ter tornado Jesus capaz de produzir os chamados “milagres”.
    Vejam: todos estamos condicionados a, para problemas gerados por determinada necessidade, repetir sempre a mesma solução q já lhe demos, repetidas vezes, anteriormente. Nossa mente é limitada; todos os nossos raciocínios, planejamentos, decisões e ações estão dentro dos limites acanhados da mente, devido a entendermos o mundo através da interpretação, suspeita e parcial, do ego. Sempre o ego é o obstáculo interposto entre nós e a realidade de nossa verdadeira identidade. Eliminado esse obstáculo, tomamos conhecimento da verdade e agimos totalmente libertos dos condicionamentos. Nós, egos, acreditamos q, para determinado problema, somente existe aquela ou aquelas soluções q sempre usamos. No entanto, aquele q se liberta do ego (“... a verdade vos libertará”) tem acesso a outras “n” soluções para a mesma necessidade; nao é mais a simples fé q o faz caminhar; ele, agora, tem convicção absoluta. Sua consciência criativa se expande e, enquanto nós, ao encontrarmos em nosso caminho, um rio nos impedindo de continuar, desistimos e recuamos, sua criatividade lhe permite “andar sobre as águas”, controlar elementos da natureza como fez Jesus, acalmando tempestades, multiplicando e transformando alimentos e bebidas, curando. Esse, q se ilumina, tem acesso ao “campo das infinitas possibilidades”, como denominado por Maharish Mahresh Yogue.
    Continuação do texto do amigo:
    “2. No sentido próprio, é certo que a confiança nas suas próprias forças torna o homem capaz de executar coisas materiais, que não consegue fazer quem duvida de si”.
    Cel: essa é uma verdade; apenas um reparo: a confiança nas próprias forças não torna o homem capaz de executar coisas materiais; essa confiança o torna capaz, tão somente, de “tentar” executar. Ninguém, nem ele mesmo, sabe se as executará ou não.
    Texto do amigo:
    “3. Noutra acepção, entende-se como fé a confiança que se tem na realização de uma coisa, a certeza de atingir determinado fim”.
    Cel: nunca, para aquele q raciocina e reflete, existe uma certeza de atingir qualquer fim; apenas existe esperança de q o fim procurado seja atingido. Na vida não existe senão duas certezas absolutas: a primeira certeza é q a morte, inexoravelmente, está à nossa frente; a segunda certeza absoluta é que não temos certeza de mais nada, nem se vamos estar em casa esta noite, nem o q pode acontecer no próximo minuto. Podemos planejar, esperar, imaginar o q iremos fazer daqui a pouco, mas nunca ter certeza de q o faremos realmente.
    Texto do amigo:
    “Ela dá uma espécie de lucidez que permite se veja, em pensamento, a meta que se quer alcançar e os meios de chegar lá, de sorte que aquele que a possui caminha, por assim dizer, com absoluta segurança. Num como noutro caso, pode ela dar lugar a que se executem grandes coisas”.
    Cel: a fé muitas vezes, funciona como um auto-hipnotismo, nos levando realmente a realizar coisas q, sem ela, não realizaríamos. Ela dá força e coragem mas, apenas, para “tentar”. Só tem segurança de q realizará seu desejo, aquele q não raciocina perfeitamente, pois q não observou a totalidade da vida. Não existe segurança absoluta, nem fisiológica nem psicológica, em qualquer ação, situação, escolha ou decisão. Pode haver possibilidades de que tudo corra bem; apenas possibilidades!
    ............................................................


    avatar
    Monstrinho

    Mensagens : 145
    Data de inscrição : 22/05/2011

    Re: O PODER DA FÉ.

    Mensagem  Monstrinho em Seg Jul 18, 2011 7:53 pm

    Coronel_ escreveu:
    Cel: amigos, o q é a fé senão crença? Não é uma convicção absoluta. Fé é crer ou ter esperanças de q algo q não conhecemos, seja uma verdade sem q a tenhamos provado como verdade. Pelo fato de depositarmos confiança em quem a comunicou, acreditamos q seja verdade ou q realmente vai acontecer.

    Olá,

    A Fé é uma crença, concordo, mas não podemos confundi-la com a Esperança. A fé consiste em acreditar que somos capazes de auto-transcendência, ou seja, se superar o ego demandando o verdadeiro EU. A esperança sim, é uma "virtude" que consiste em "ter fé" em algo que possa ou não acontecer. Nesse caso, a esperança é uma incerteza, pois temos fé em coisas que poderão ou não se concretizar.

    Ela - a Esperança - é pois, a pior das "virtudes", e isso se ela não for um grande vício. Como diz em uma música do Barão Vermelho "a esperança é um grande vício, cuidado com suas traições".

    Vimos aí exemplos materiais de como a fé funciona. Um desses exemplos é o estudante ter fé que será promovido para o ano seguinte, desde que tenha estudado antes - isto é só um exemplo, pois na prática sabemos que, nos dias de hoje, o estudante da Rede Pública de Ensino não precisa dessa fé Wink .

    A Fé de que Jesus nos fala, entretanto, é a fé no poder que existe em nós para suprimir as demandas do ego. Nesse sentido, a Fé deverá ser cultivada de modo a cada vez mais se tornar sólida, dentro de nós, a CERTEZA de que é possível escapar aos apelos das diversas modalidades de ilusões que nos conclamam diariamente a viver no mundo e para o mundo.

    Vivemos em um mundo todo condicionado. A humanidade têm o instinto de "unânime formigueiro". Reparem em um congestionamento de trânsito: lá à frente, aconteceu um acidente, mas há uma outra pista para que se possa desviar do acidente e com isso, fazer escoar o trânsito. Mas aquele que chega até a fila do congestionamento, possui a tendência de permanecer ali atrás, sem questionar se haveria algum modo de ele sair daquela fila, no caso, pegando a pista que está livre.

    Isto acontece porque há, historicamente, e também filogeneticamente, a tendência de seguir aquilo está acontecendo sem questionamentos. Como bem apontando nas respostas do Coronel, na perspectiva do ego, não há alternativas a certos problemas, porque ele julga apenas do ponto de vista da matéria, e não do Espírito.

    A fé do ponto de vista material é uma ilusão como tudo o mais "debaixo do Sol" (Eclesiastes). A única fé possível é aquela que remove todas as montanhas formadas pelo ego, que são os diversos tipos de apegos e condicionamentos às idéias pré-estabelecidas.

    Contudo, é preciso ter fé para superar as mentiras do ego. Dia-a-dia e constamentemente estamos sendo "provados na fé", porque as provas e as dificuldades colocadas pelo ego nos propiciam esse despertar da fé, o descobrimento e o fortalecimento dessa mesma fé.

    A fé em termos materiais é uma ilusão, porque as provas do Espírito já estão predestinadas no momento em que ele faz a escolha das mesmas, logo, tanto faz o ego rezar ou não rezar para obter isso ou aquilo em termos materiais. Como aludiu alhures Pai Joaquim de Aruanda, qual é a oração que tem valor?? "Você reza para Santo Antônio pedindo casamento e morre solteiro; reza para São Pedro pedindo uma casa e mora num barraco. Se rezasse resolvesse o problema - continua ele - era só ficar de joelho no milho o dia inteiro" - claro que aqui nos referimos à questão da Esperança, de se esperar que algo aconteça ou não nos valendo para isso, da oração. O que é uma ilusão, diz Pai Joaquim; o ego orar, é uma ilusão.

    Então temos que separar Fé de Esperança e da falsa crença naquilo que, materialmente, poderá ou não dar certo.

    Aceitar a vida como ela é = aceitar as vicissitudes, aceitar os baixos e altos na vida como fatos normais e naturais - de nada serve ter Esperança aqui.

    Noutros termos, Krishnamurti colocou "não aceitar a vida como ela é", mas investigar, procurar, buscar saber se aquilo que o "unânime formigueiro" diz, é verdade ou não - entra a questão da fé.

    Noutros termos ainda, Buda disse que deveríamos investigar e experimentar por nós mesmos para saber se isto ou aquilo é verdade, e não acreditar (ter fé?) só porque o guru fulano de tal disse, ou só porque a ciência proclamou como verdade ou porque está escrito nas Sagradas Escrituras.

    Esse tema sobre a Fé é um dos mais importantes, mas nunca devemos esquecer que o desejo ardente de se conseguir e obter benesses materiais, não é senão uma crença do ego e temos que saber separar o joio do trigo: ter fé é a acreditar que somos capazes de vencer o ego ("Tenham coragem! Eu venci o mundo!" [Jesus]) e desejar ardentemente que isto ou aquilo aconteça no plano material, não é ter fé, é estar ILUDIDO pelo ego.

    E a Esperança é, então, uma ilusão criada pelo ego. É a idéia de que temos o poder, de, através da fé, mudar isto ou aquilo materialmente, o que não é verdade.


    É isso. Não sei se contribuiu...

    Abçs,


    Convidad
    Convidado

    ???

    Mensagem  Convidad em Sab Jul 30, 2011 4:23 pm

    Very Happy Kd o "café filosófico" do fórum? Gostaria de "conversar" na minha linguagem, é possível?
    bounce A fé não é uma crença e muito menos esperança. Fé é uma poderosa arma para a conversão sendo portanto a convicção dos fatos que não são possíveis de comprovar pela percepção humana tradicional. alien

    Admin
    Admin

    Mensagens : 30
    Data de inscrição : 22/05/2011

    Re: O PODER DA FÉ.

    Mensagem  Admin em Sab Jul 30, 2011 8:44 pm

    sandro escreveu: Very Happy Kd o "café filosófico" do fórum? Gostaria de "conversar" na minha linguagem, é possível?
    bounce A fé não é uma crença e muito menos esperança. Fé é uma poderosa arma para a conversão sendo portanto a convicção dos fatos que não são possíveis de comprovar pela percepção humana tradicional. alien

    Tá lá ==> http://mascarasdedeus.forumeiros.com/f20-cafe-filosofico-pensamentos-devaneios-sentimentos-erudicoes-noticias-e-novidades-off-topic Very Happy Dei uma modificada lá de modo a se criar um espaço para outros temas.

    Quaisquer sugestões podem ser feitas lá mesmo também Wink

    Abçs,


    Conteúdo patrocinado

    Re: O PODER DA FÉ.

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Dez 11, 2018 9:33 am