Filosofia Oriental e Espiritualismo Prático

Últimos assuntos

Navegação

Parceiros

Fórum grátis

    Compaixão significa paixão por todos

    Compartilhe

    Convidad
    Convidado

    Compaixão significa paixão por todos

    Mensagem  Convidad em Sab Maio 28, 2011 6:27 am

    Bom dia,
    Recebi agora por e-mail do Instituo Jiddu Krishnamurti.

    Compaixão significa paixão por todos
    Posted:
    Qual é a relação da mente que compreendeu o sofrimento e portanto a terminação do sofrimento? Qual é a qualidade da mente que já não receia o final, que é a morte? Quando energia não é dissipada através da fuga, então essa energia transforma-se na chama da paixão. Compaixão significa paixão por todos. Compaixão é paixão por todos. - Tradition and Revolution, p 4
    Amor, morte e sofrimento constituem o incognoscível
    Posted:
    Conhecemos apenas fragmentariamente essa coisa extraordinária chamada vida; nunca olhamos para o sofrimento, exceto através do filtro das fugas. Nós nunca vimos a beleza, a imensidade da morte, e só a conhecemos através do medo e da tristeza. Só pode haver compreensão da vida, do significado e da beleza da morte quando a mente percebe instantaneamente o que é.Os senhores sabem que, embora nós os diferenciemos, o amor, a morte e o sofrimento são todos a mesma coisa, pois, certamente, o amor, a morte e o sofrimento são o incognoscível. No momento em que você conhece o amor, você já deixou de amar. O amor está além do tempo, não tem começo nem fim, ao passo que o conhecimento tem começo e fim. Logo, quando você diz: Sei o que é o amor, você não sabe. Você só conhece uma sensação, um estímulo. Você conhece a reação ao amor, mas essa reação não é amor. Do mesmo modo, você não sabe o que é a morte. Você só conhece as reações à morte, e só descobrirá a inteira profundidade e o inteiro significado da morte quando as reações tiverem cessado. - The Collected Works vol XI, p 288
    Morte... talvez, aquilo o que chamamos de Deus
    Posted:
    Quando a morte chega, ela não lhe pede permissão; ela vem e leva você; ela o destrói no local. Do mesmo modo, será que você consegue abandonar o ódio, a inveja, o orgulho das posses, o apego a crenças, a opiniões, a ideias, a determinado modo de pensar? Será que você consegue abandonar isso tudo num instante? Não existe um “como abandonar isso”, pois isso seria apenas outra forma de continuidade. Abandonar opiniões, crenças, avidez ou inveja, é morrer – morrer todos os dias, todos os momentos. Se houver o findar de toda ambição, de momento a momento, então você conhecerá o extraordinário estado de ser nada, de chegar ao abismo de um movimento eterno, por assim dizer, e cair borda abaixo – que é a morte.Quero saber tudo sobre a morte, porque a morte pode ser a realidade; ela pode ser o que chamamos Deus – aquele algo extraordinário que vive e se move e, não obstante, não tem começo nem fim. - The Collected Works vol XI, p 242
    Se você só tivesse uma hora para viver
    Posted:
    Posso fazer só uma pergunta?...encaixe em uma das outras. De que modo se deve viver a vida diária?Como se a pessoa só tivesse aquele dia para viver, só aquela única hora.Como?Se você só tivesse uma hora de vida, o que faria?Realmente não sei, respondeu ele com ansiedade.Você não tomaria as necessárias providências a respeito de seus negócios, seu testamento, etc.? Você não reuniria seus familiares e amigos e lhes pediria perdão pelo mal que lhes houvesse feito, e lhes perdoaria por qualquer mal que houvessem feito a você? Você não morreria completamente para as coisas da mente, para os desejos e para o mundo? E, se isso pode ser feito por uma hora, então pode também ser feito pelos dias e anos que possam restar.coisa é realmente possível, senhor? - Commentaries on Living Third Series, p 303

      Data/hora atual: Qua Nov 22, 2017 11:29 am