Filosofia Oriental e Espiritualismo Prático

Últimos assuntos

Navegação

Parceiros

Fórum grátis

    ADEUS, ALMA QUERIDA - Huberto Rohden

    Compartilhe

    Convidad
    Convidado

    ADEUS, ALMA QUERIDA - Huberto Rohden

    Mensagem  Convidad em Ter Jun 07, 2011 1:48 pm

    ADEUS, ALMA QUERIDA


    Adeus, alma querida "Se você ama alguma coisa, deixe-a livre. Se voltar, é sua. Se não voltar, nunca foi." Se, no caminho do teu saara, encontrares uma alma que te queira bem, aceita em silêncio o suave ardor da sua benquerença - mas não lhe peças coisa alguma, não exijas, não reclames nada do ente querido. Recebe com amor o que com amor te é dado - e continua a servir com perfeita humildade e despretensão. Quanto mais querida te for uma alma, tanto menos a explores, tanto mais lhe serve, sem nada esperar em retribuição. No dia e na hora em que uma alma impuser a outra alma um dever, uma obrigação, começa a agonia do amor, da amizade. Só num clima de absoluta espontaneidade pode viver esta plantinha delicada. E quando então essa alma que te foi querida se afastar de ti - não a retenhas. Deixa que se vá em plena liberdade. Faze acompanhá-la dos anjos tutelares das tuas preces e saudades, para que em níveas asas a envolvam e de todo mal a defendam - mas não lhe peças que fique contigo. Mais amiga te será ela, em espontânea liberdade, longe de ti - do que em forçada escravidão, perto de ti. Deixa que ela siga os seus caminhos - ainda que esses caminhos a conduzam aos confins do Universo, à mais extrema distância do teu habitáculo corpóreo. Se entre essa alma e a tua existir afinidade espiritual, não há distância, não há em todo Universo espaço bastante grande que de ti possa alhear essa alma. Ainda que ela erguesse vôo e fixasse o seu tabernáculo para além das últimas praias do Sírio, para além das derradeiras fosforescência da Via Láctea, para além das mais longínquas nebulosas de mundos em formação - contigo estaria essa alma querida... Mas, se não vigorar afinidade espiritual entre ti e ela, poderá essa alma viver contigo sob o mesmo teto e contigo sentar-se à mesma mesa - não será tua, nem haverá entre vós verdadeira união e felicidade. Para o espírito a proximidade espiritual é tudo - a distância material não é nada. Compreende, ó homem/mulher - e vai para onde quiseres! Ama - e estarás sempre perto do ente amado... Em todo o Universo... Dentro de ti mesmo... (Texto extraído do livro De Alma para Alma, de autoria de Humberto Rohden, publicado pela Editora Martin Claret)

    avatar
    Mizica

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 23/05/2011
    Localização : Belém - Pará Norte do Brasil

    Alma, querida alma ...

    Mensagem  Mizica em Qui Jun 09, 2011 2:24 pm

    Olá pessoal!
    Boa tarde!

    Que lindo, amiga Hebe, e que tão profundo ensinamento mostra este texto.

    Se queremos bem a alguém verdadeiramente não o podemos agrilhoar, o verdadeiro bem querer não é prisão é liberdade, não é sombra nem penumbra, é luz, é brilho...
    E se esse bem querer é feito de posse há apego, e onde há apego não há amor.
    Porém, o mais difícil parece que é dizer: vai, alma querida, se é o que queres ... se ela vai, impossível não haver dentro do peito uma única esperança, traduzida em contida e muda súplica: tomara que ela volte.

    Adorei...

    Meu carinho... sempre
    Mizica
    avatar
    Monstrinho

    Mensagens : 145
    Data de inscrição : 22/05/2011

    Re: ADEUS, ALMA QUERIDA - Huberto Rohden

    Mensagem  Monstrinho em Qui Jun 09, 2011 6:57 pm

    Mizica escreveu:Olá pessoal!
    Boa tarde!

    Que lindo, amiga Hebe, e que tão profundo ensinamento mostra este texto.

    Se queremos bem a alguém verdadeiramente não o podemos agrilhoar, o verdadeiro bem querer não é prisão é liberdade, não é sombra nem penumbra, é luz, é brilho...
    E se esse bem querer é feito de posse há apego, e onde há apego não há amor.
    Porém, o mais difícil parece que é dizer: vai, alma querida, se é o que queres ... se ela vai, impossível não haver dentro do peito uma única esperança, traduzida em contida e muda súplica: tomara que ela volte.

    Adorei...

    Meu carinho... sempre
    Mizica


    Olá!!

    "Tudo o que ligardes aqui na Terra, também será ligado no Céu, e tudo o que desligardes aqui na Terra, também será desligado no Céu" (Jesus).


    Lenda Sioux da Águia e do Falcão

    Conta uma velha lenda dos índios Sioux, que uma vez, Touro Bravo, o mais valente e honrado de todos os jovens guerreiros, e Nuvem Azul, a filha do cacique, uma das mais formosas mulheres da tribo, chegaram de mãos dadas, até a tenda do velho feiticeiro da tribo ...

    - Nós nos amamos... e vamos nos casar - disse o jovem.
    - E nos amamos tanto que queremos um feitiço, um conselho, ou um talismã... alguma coisa que nos garanta que poderemos ficar sempre juntos... que nos assegure que estaremos um ao lado do outro até encontrarmos a morte. Há algo que possamos fazer?

    E o velho emocionado ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por uma palavra, disse:
    - Tem uma coisa a ser feita, mas é uma tarefa muito difícil e sacrificada...

    Tu, Nuvem Azul, deves escalar o monte ao norte dessa aldeia, e apenas com uma rede e tuas mãos, deves caçar o falcão mais vigoroso do monte e traze-lo aqui com vida, até o terceiro dia depois da lua cheia.

    E tu, Touro Bravo - continuou o feiticeiro - deves escalar a montanha do trono, e lá em cima, encontrarás a mais brava de todas as águias, e somente com as tuas mãos e uma rede, deverás apanhá-la trazendo-a para mim, viva!

    Os jovens abraçaram-se com ternura, e logo partiram para cumprir a missão recomendada... no dia estabelecido, à frente da tenda do feiticeiro, os dois esperavam com as aves dentro de um saco.
    O velho pediu, que com cuidado as tirassem dos sacos... e viu eram verdadeiramente formosos exemplares...

    - E agora o que faremos? - perguntou o jovem - as matamos e depois bebemos a honra de seu sangue?
    Ou cozinhamos e depois comemos o valor da sua carne? - propôs a jovem.
    - Não! - disse o feiticeiro, apanhem as aves, e amarrem-nas entre si pelas patas com essas fitas de couro... quando as tiverem amarradas, soltem-nas, para que voem livres...

    O guerreiro e a jovem fizeram o que lhes foi ordenado, e soltaram os pássaros... a águia e o falcão, tentaram voar mas apenas conseguiram saltar pelo terreno. Minutos depois, irritadas pela incapacidade do voo, as aves arremessavam-se entre si, bicando-se até se machucar.

    http://mascarasdedeus.blogspot.com/2011/04/lenda-sioux-da-aguia-e-do-falcao.html





    Convidad
    Convidado

    Ensinamentos de Krishnamurti - Poesia

    Mensagem  Convidad em Sex Jun 10, 2011 6:24 pm

    A vida e a morte
    em poesia

    A vida e a morte
    A questão da consciência, de perdermos
    o bem, a liberdade, a felicidade, a humildade...
    Ao ficarmos conscientes deles(as), é termos
    ficado separados delas(es): consciência é conflitualidade.

    Independência é solidão
    e dependência opressão;
    bom é moderação,
    pela compreensão.

    Recordação não é a verdade, a realidade,
    que é experienciar; mas, desejar
    divide o experienciador do experienciar:
    experienciar sem desejar é que é o experienciar
    perfeito, da felicidade.

    O contacto é bom
    e pensar é o cessar do bom,
    pela separação, pelo conflito
    por mais busca, mais dor de aflito.

    E esta brisa
    que é nós!
    avatar
    Mizica

    Mensagens : 9
    Data de inscrição : 23/05/2011
    Localização : Belém - Pará Norte do Brasil

    Lenda Sioux da Águia e do Falcão

    Mensagem  Mizica em Sab Jun 11, 2011 12:16 am

    Oi...
    Conheço a lenda Sioux ... é um primor.
    Não sei se é defeito, se é ilusão, mas tenho uma droga de romantismo que parece que não cura... e já vai bem distante minha adolescência
    A Lenda da Aguia e do Falcão mas parece um complemento do texto Adeus, Alma Querida, de Rodhen. Falam da relação homem/mulher de uma forma tão encantadora que eu leio e choro, pode? Ninguém pode dizer que ama se não permite ao outro ser ele mesmo, ser livre, ...

    Bjos à todos e à vc Monstrinho, o meu carinho ... aceita?
    Tchau
    Mizica

    Conteúdo patrocinado

    Re: ADEUS, ALMA QUERIDA - Huberto Rohden

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jun 26, 2017 8:16 pm